InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Sobre a República

Ir em baixo 
AutorMensagem
Morgaine le Fey
Admin
avatar

Mensagens : 26

MensagemAssunto: Sobre a República   Qui Ago 18, 2011 10:08 am


Governo:Democracia Parlamentar
Motto:Bheith Draíocht go deo
Taoiseach:Isabelle Kinnard
Independência da Irlanda:27 de Junho de 2009
Fundação:1º de Abril de 1431
Área total:9 892 km²
Água (%):3,74%
População:7.789
Densidade:1,27 hab/km²
Moeda:Galeões
Gentílico:Faoinrunense
Línguas oficiais:Irlandês e o gaélico
Língua nacional:Inglês
Símbolos:Fênix e dragão

República de Faoinrún (também conhecida como Faoinrún e Ilha de Faoinrún) é um país situado no noroeste da Europa. A vasta ilha tornou-se um estado soberano em 27 de Junho de 2009. É delimitada pelo oceano Atlântico e pelo mar Celta, localizada ao oeste da República da Irlanda.

Embora tenha o mais recente Ministério da Magia, seguindo o esquema democrático parlamentarista da Irlanda, Faoinrún foi uma das primeiras cidades completamente bruxas da Europa, separando-se da Irlanda trouxa em 1431.

Etimologia
O art. 2º da Constituição de Faoinrún, adotada em 2010, declara que "o nome do estado é Faoinrún, ou no idioma inglês, Foiran. Para todos os fins oficiais, inclusive nos tratados internacionais e em outros documentos legais, o governo faoinrunense utiliza o nome Faoinrún.

O que é agora República de Faoinrún (Poblacht na Faoinrún) já foi denomida de Oileán Faoinrún (Ilha Faoinrún), Inis Faoi Rún (Ilha em segredo) e Sráidbhaile Draíocht faoi rún (Vila da Magia Secreta). Apenas em 1879 o nome Faoinrún passou a vigorar.

História
Em 1428 um grupo de bruxos vivia pacificamente na área que hoje é a República da Irlanda, nos arredores de Galway. Embora não soubessem que eram realmente bruxos, os trouxas que ali viviam estavam em harmonia com eles e sequer suspeitavam dos feitiços e poções que esses faziam, já que as lojas especificamente bruxas eram raras e os bruxos trocavam ervas e ingredientes entre si ou compravam em outras vilas exclusivamente bruxas.

Tudo estava bem, até que em 1431 um bruxos das trevas atacou o vilarejo com uma dezena de bruxos mesquinhos, que desejavam roubar os trouxas, estuprar as mulheres e aniquilar os bruxos para obterem suas terras férteis. Os bruxos que ali viviam lutaram, mas nem todos eram treinados ou estudiosos e sabiam poucos feitiços de ataque e defesa que não se equiparavam as artes das trevas que foram usadas ali. A população trouxa foi completamente dizimada e muitos bruxos morreram de ambos os lados. Ao fim, os poucos bruxos das trevas que não morreram no combate aparataram dali, deixando um rastro de destruição. Esse incidente ficou conhecido como a Guerra de Faoi Rún.

Dos sobreviventes, oito famílias se destacavam e essas logo se reuniram com os outros moradores e decidiram que não era mais seguro continuar ali, vivendo com trouxas e arriscando suas vidas. Três mulheres que possuiam grande afinidade com feitiços se uniram e juntas realizaram um feitiço que separou parte da terra onde a vila ficava, do restante, transformando a vila devastada em uma ilha. Em 1º de Abril de 1431 nascia a Ilha de Faoinrún. A ilha logo se tornou uma cidade universitária devido à fundação de Sileas, cujas obras começaram em 1432.

As línguas oficiais são o irlandês e o gaélico. O inglês é utilizado demais pelos comerciantes da ilha, apesar de não ser oficial.

A ilha pertencia à República da Irlanda, sendo controlada pelo Ministério da Magia da Irlanda, mas se tornou um estado independente, possuindo seu próprio Ministério há três anos. A independência da Ilha ocorreu em 2009, durante a Guerra de Siobhán, também conhecia como segunda Guerra de Faoinrún.

Faoinrún é repleta de feitiços que controlam sua segurança, como o feitiço que a torna imapeável ou a proteção anti-trouxa, que impossibilita trouxas de chegarem perto da ilha, sendo sempre desviados de seu rumo. Para aviões e satélites, a ilha sequer existe, qualquer um que a olhe de cima verá apenas oceano devido aos feitiços ilusórios. Há um grande escudo de proteção na ilha, fazendo com que em todos esses séculos não tenha registro de uma invasão trouxa sequer.

A ilha Faoinrún é vasta, possuindo todas as terras do antigo feudo MacGosghair e uma parte além, onde antes encontrava-se a estrada que levava à vila trouxa. Dessa forma, a universidade era a real dona de quase toda a ilha, que pertencia à Liam até 1009. Entretanto, em meados de 1600, o Conselho dos Sete da Sileas College resolveu lotear uma parte, considerada a área residencial da ilha. O contrato dos lotes possui cláusulas e pode ser quebrado, entratanto a universidade nunca quebrou um contrato de lote, o que torna as propriedades seguras e com alto valor de mercado, por serem lotes relativamente grandes.

Geografia
Faoinrún é um pequeno país localizado no noroeste da Europa. A ilha tem uma extensão de 9 892 km², dos quais 3/5 pertencem à Sileas College. É banhada pelo oceano Atlântico, pelo canal do Norte e pelo mar Céltico. A costa oriental consiste principalmente de colinas e montanhas. O interior nordeste da ilha é composto pelo Bosque Siobhán, que ocupa cerca de 1/7 da ilha. Com diversos rios, como o Shannon e o Eadhra, Faoinrún é ponteada por vários lagos, sendo o lago Lorcan o maior de todos.
O inverno é muito frio e com neve e o verão não é muito quente, o que faz com que a parte da praia que possui areia raramente seja utilizada para banhos de sol. A precipitação é comum, com 300 dias de chuva em média.
A ilha em si é repleta de feitiços que controlam sua segurança, como o feitiço que a torna imapeável ou a proteção anti-trouxa, que impossibilita trouxas de chegarem perto da ilha, sendo sempre desviados de seu rumo. Para aviões e satélites, a ilha sequer existe, qualquer um que a olhe de cima verá apenas oceano devido aos feitiços ilusórios. Há um grande escudo de proteção na ilha, fazendo com que em todos esses séculos não tenha registro de uma invasão trouxa sequer.
A ilha era dividida em três distritos: High Town, Sileas e Downtown, porém novas divisões foram feitas após a separação da Irlanda. O projeto foi votado em Novembro de 2012 e vigora desde então.
Subdivisões
As subdivisões da ilha entraram em vigor em Janeiro de 2013, embora muitos moradores tenham demorado a se acostumar com os nomes das regiões. Por ser uma ilha completamente mágica, a locomoção entre os distritos é facilmente feita através de Flu, vassouras, aparatação ou Noitibus. Ainda assim muitos moradores costumam caminha de uma região à outra, principalmente em relação à regiões vizinhas.
As regiões do antigo High Town são Ardríocha - centro comercial da cidade alta -, Amharcloch - área rochosa e residencial. O centro de Faoinrún, que antes interligava as duas regiões agora se chama Lártalamh e é o centro político da ilha. A antiga parte baixa, ou Downtown, é a área composta pelos distritos Díolsráid - comercial, a área mais movimentada da ilha -, Faraoiscoill - área de florestas, com o bosque e a resenha e algumas fazendas e chalés residenciais - e Dúncladach - praia baixa, com apenas um penhasco e lar do Porto de Faoinrún. Há ainda Sileas, que permanece como distrito independente devido ao tamanho de seu campus.


Política
Faoinrún é uma democracia parlamentar. O poder legislativo é exercido pelo Oireachtas (Parlamento), constituído pelo Dáil (Câmara dos Deputados) e pelo Taoiseach (Ministro). O governo é formado por 14 membros além do Ministro, divididos igualitariamente entre as regiões de Faoinrún. O primeiro Taoiseach, Marechal Elek Kaplony, foi eleito com 86% dos votos. São aptos a votarem todos que residam em Faoinrún há seis meses ou tenham nascido na ilha e tenham optado por manter sua cidadania Faoinrunense após a independência.

Os principais partidos atuantes em Faoinrún são o Páirtí Glas Bowtruckle (Partido do Bowtruckle Verde), Daonlathach Pureblood Páirtí (Partido Sangue-Puro Democrata) e Páirtí Draíodóir Aontaithe (Partido dos Bruxos Unidos). O primeiro e atual ministro de Faoinrún é do PDA - Páirtí Draíodóir Aontaithe. O primeiro Ministro de Faoinrún foi o Marechal Elek Kaplony; atualmente Faoinrún é governada por Isabelle Kinnard, eleita em 2029.

Educação
Escolinha de Magia Pelúcio Mágico
Fundada em 1892, a Escolinha foi durante muito tempo a principal escola preparatória para jovens europeus. Uma das mais renomadas escolas infantis, a Pelúcio Mágico ensina latim, irlandês, gaélico e inglês para todos os alunos. Há também aulas de artes, dança, música, manejo de varinha e pré-herbologia.
Em 2011, durante a Guerra Siobhán, a escola foi alvo de ataques da Ultionis, duas crianças foram mortas e oito sequestradas. Os responsáveis foram encontrados três semanas depois do ataque e receberam pena de morte. As oito crianças foram salvas.

Sileas College of Magic and Witchcraft

Após ter suas terras separadas da República da Irlanda, Liam MacGosghair, dono das terras e representante bruxo, resolveu unir esse grupo de destaque com outros bruxos de renome que constantemente lutavam contra bruxos das trevas em suas vilas natais. Aproveitando a vasta extensão separada por Grainne, Riain e Siobhán, Liam uniu-se à ela e outros 4 bruxos que atenderam seu chamado, formando assim um grupo poderoso que tinha apenas um objetivo em mente: educar bruxos, preparando-os para as batalhas que travariam com bruxos das trevas, incentivando-os a aprenderem mais do que o be-a-bá de magia os colégios ensinavam na época.

Juntos, escolheram a melhor área para reunir esses pupilos e lá começaram a construção do que vierá a ser, mais tarde, a Sileas College of Magic and Witchcraft. O nome foi escolhido pelo Conselho dos Sete, em homenagem à filha de Liam, morta na batalha que devastara a população trouxa e boa parte dos bruxos de Faoinrún quando ainda em vila.

As obras da universidade começaram em meados de 1432 e após cinco anos de intenso trabalho para reconstruir a vila e construir a universidade, preparando-a com diversos feitiços de proteção, a Sileas College of Magic and Witchcraft finalmente foi aberta. Os bruxos começaram a convidar bruxos formados nas escolas de magia e logo possuiam um grupo seleto de pupilos com futuro brilhante. Aos poucos, a universidade começou a se estruturalizar enquanto organização educacional, passando a ter oficialmente uma Reitoria e um Conselho, criando fraternidades onde os bruxos e bruxas dormiriam e recrutando professores.

Esporte
Drake Stadium
O campo de quadribol, renovado em 2020 e construído em 2010, segue o estilo dos estádios da Liga de Quadribol. O estádio foi modernizado, de forma que estivesse nos padrões da liga e da Confederação de Quadribol para sediar jogos do time Faoinrún Dragons, que em 2013 se tornou a seleção de Faoinrún. Embora todos os times possuam campos para treinamentos diários, quando há jogos da Liga de Faoinrún todos os times treinam durante um dia inteiro no Drake Stadium, maior e principal estádio do país.

Os horários de treinos são pré-agendados, de forma que seus aros só aparecem quando um treino ou jogo foi agendado. As arquibancadas aparecem magicamente no chão no dia dos jogos e, apenas quando os jogadores assumem suas posições, elas se movimentam em direção ao céu, ficando na altura dos aros, como se enfeitiçadas por Wingardium Leviosa. Em determinadas jogadas, as arquibancadas mudam de altura de forma leve, sem que os alunos ali presentes sequer percebam o movimento que fazem.



Times
  • Faoinrún Dragons [Seleção Nacional] - Fundado em 2008, tornou-se seleção para a Copa de 2013 [Uniforme Goleiro e Batedores | Uniforme Artilheiros e Apanhador]
  • Ardríocha Abraxans - Fundado em 2020
  • Díolsráid Dementors - Fundado em 2014
  • Dúncladach Doxies - Fundado em 2015
  • Faraoiscoill Frogs - Fundado em 2022
  • Lártalamh Lethifolds - Fundado em 2013
  • Sileas Selkies - Oficilizado como time em 2015
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Sobre a República
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Países :: Faoinrún-
Ir para: