InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Durmstrang

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dumbledore
Admin
avatar

Mensagens : 221
Idade : 117

MensagemAssunto: Durmstrang   Sex Ago 19, 2011 1:51 pm

Instituto Durmstrang de Magia e Bruxaria


História

Muitos dizem que o Instituto é a mais antiga instituição de ensino de magia do mundo. Conhecido como Forte Sturmundrag, ele é datado desde 450 d.C, construído na região de Oppland na Noruega. Jovens bruxos da idade de 13 ou 14 anos eram enviadas para tornaram feiticeiros-guerreiros. Nos meados do século XI, notícias vindas das ilhas britânicas disseram que fundaram uma escola para crianças bruxas. E pareciam que na França estava se formando o mesmo.

Foi assim que o líder do Sturmundrag, o Conde Laropolk decidiu transformar o forte em um colégio. Mas os ideais do forte ainda eram mantidos, continuava sendo apenas para os meninos bruxos sangue-puros. As diferenças que agora teriam anos escolares, e expandiu à área de conhecimento de combate para também as áreas da ciência.

Logo se tornou a escola bruxa do norte e leste da Europa, que envolvia os reinos da Noruega, Suécia, Dinamarca, Pomeanianos, Polônia, Hungria, Croácia, Sérvia e Bulgária. Enquanto Hogwarts, ficava com os Reinos da Inglaterra, Escócia, Irlanda e Normandia; Beauxbatons com Reino da França, Borgonha, Leão, Castela, Navarra, Condado de Barcelona e todo o Sacro Império Germánico-Romano.

No século seguinte um acordo com Hogwarts e Beauxbatons criaram as competições dos Campeões, o Torneio Tribruxo. Durmstrang tem o orgulho de ter vencido a maioria das competições até que o torneio ser extinto por causa da morte de alguns alunos.

Mas a principal mudança só aconteceria no século XVIII que com pressão dos pais poderosos que queriam a mesma educação para suas filhas, a escola começou aceitar meninas. Foi nestes tempos que a escola começou ter um caráter menos militar e mais educacional. Bruxos estudiosos foram chamados e substituiriam os velhos guerreiros.
Em 1931, Gellert Grindelwald assumiu o cargo de Ministro da Magia da Alemanha com apoio do partido dele, o Acluonismo. Várias medidas contra os sangue inferiores foram tomadas, os sangues-ruins foram enviados para o Campo Nurmengard. Enquanto isso Durmstrang tornou-se a Sede da Juventude Pura. Nesta época, escola atingiu mais de 1000 alunos. A marca de Grindewald foi espalhada por todos os cantos do instituto.

Com o fim da guerra, e Grindelwald preso. Debates aconteceram na Europa, e muitos bruxos queriam uma sociedade diferente pregada até então. Por isso, um grupo de bruxos criou a escola Der Burchtzwart na Alemanha, na qual teria uma política de liberdade à todos os tipos de sangue. Foi assim, que surgiu quatro escolas na Europa.

Mas, Durmstrang queria também evitar que sua fama fosse realmente manchada, e realizou pequenas mudanças, entre elas a disciplina Artes das Trevas foi substituída pela a DCAT (que voltaria em 1983). Isso iria acarretar outras mudanças à longo prazo, até que em 1956, aconteceu um novo fato inédito, um acordo com a Noruega (que agora controlava oficialmente a escola) colocou uma mulher búlgara no poder da escola, quando o antigo diretor se aposentou. Ethel iniciou várias mudanças até então a escola apesar de admitir alunas não tinha no seu corpo discente, professoras. As primeiras professoras surgiram desta época. Mas sua maior luta não foi tão cedo concretizada, era abrir os portões para o Sangues-Ruins.

Foi o diretor grego Kazantzákis que conseguiu a mudança, ele teve apoio de todos os ministérios da magia que a escola representava menos a Bulgária que votou contra. Mesmo assim em 1961, começou aceitar após quase mil anos de supremacia pura, alunos sangue-ruins (por nota data-se de 1413, os primeiros mestiços na escola). Durante a administração de Kazantzákis, os dormitórios eram ainda separados apenas por sexo, independente da raça.

Mas em 1983, o diretor foi assassinado de formas misteriosas. Acredita-se que tenha tido envolvimento dos Comensais da Treva do Reino Unido, o que fica mais evidente quando Igor Karkaroff, um bruxo que viveu na Inglaterra por quinze anos, assumiu a diretora. Boatos também disseram que filhos de comensais fugitivos estudaram nos instituto por anos.

Karkaroff modificou novamente a aula de Defesa Contra Artes das Trevas, apenas para Artes das Trevas. E criou um dormitório próprio apenas para os sangue-ruins, e as aulas foram separadas, o que mantem-se até hoje, apesar de constantes e duras críticas.

Os Ministérios da Magia da Europa junto com a Confederação Internacional da Magia estavam criando vários acordos econômicos e culturais, um deles envolvia o retorno do Torneio Tribruxo. Cada escola tinha que abrir exceções, queriam o fim dos dormitórios raciais, mas tiveram como contra ponto que as casas de Hogwarts e Beauxbatons tinham certas semelhanças, então Durmstrang só abriu mão das aulas separadas, e as uniram.

Naquele mesmo ano o diretor Karkaroff sumiu, após ser revelado que ele ainda tinha ligação com os Comensais. Um dos professores do instituto, Morag Platt, assumiu a direção, e está nela até hoje. Porém, com o domínio do Conclave da Pureza novamente a escola do leste europeu mudaria.


Diretores
Gellert Grindelwald – 1939 à 1945
Karl-Otto Wessel - 1945 à 1956
Ethel Lina Allingham – 1956 à 1966
Constantin Kazantzákis - 1966 à 1983
Igor Karkaroff – 1983 à 1995
Morag Platt – 1995 à 2013

Localização e estrutura

O Castelo de Durmstrang possui apenas quatro andares, fica num pequena península no lago Saimaa, mas em épocas de águas altas o castelo fica numa ilha, para isso uma pequena ponte liga à terra firmes. No entanto, toda uma longa extensão de florestas, montanhas e outros lagos estão dentro dos pertences do instituto. Acredita-se que seja o maior território mágico do mundo, possuindo dragões e até uma aldeia de gigantes.
O Brasão

O colégio sempre está frio, dentro dos seus muros as temperaturas sempre por volta dos 10ºC ou menos. Lareiras são permitidas para serem usadas apenas por motivos mágicos ou Flu. Isso acontece porquê diretoria proclama que o frio torna seus alunos mais fortes e preparados para vida dura fora da escola. Apenas dentro dos quartos possuem feitiços aquecedores.

Na frete da escola, mas dentro dos seus muros, existe o pátio. Nele todos os dias antes das aulas todos os alunos se reúnem, seja chuva, seja sol, para hastear a bandeira e cantar o hino de Durmstrang.

Os alunos usam pesadas roupas de vestes vermelhas, menos os alunos de Nibelung que usam roupas cinzas. Além do comum uso de ushankas, enormes chapéus de pelos. Alem disso é exigido que os rapazes tenham cabelo sempre curto, e bem aparado. E moças com cabelos presos e puxados para trás.

A grade curricular de Durmstrang é um pouco diferente das demais. Enquanto a maioria ensina Defesa das Artes das Trevas, o instituto ensina as próprias Artes das Trevas. Além de ter a aula obrigatória de Duelos, que dá enfase ao combate e feitiços de ataque. E não tem as aulas de Estudos dos Trouxas.

Admissão

Todas as crianças que completam 11 anos no ano vigente, recebem uma carta via coruja dizendo que foram matriculadas no Instituo. Aqueles que são filhos de trouxas recebem visitas de representantes ministeriais de seu país, alguns países como Noruega ou República Theca ainda sugerem caso queiram, mandar seus filhos para Der Burchtzwart. Nos dias seguintes, cartas com material necessário para compra e o livro de regas chegam para todos os alunos.

Acesso

Os alunos da escola vão para portos selecionados, numa viagem que dura sete dias, e começa no Mar Negro. A partida sempre é em Varna, na Bulgária, na terceira segunda de agosto. E para em Paphos, Chipre; Atenas, Grécia; Durrës, Albânia; Šibenik, Croácia; Oslo, Noruega; e Helsinki, na Finlândia. Alunos de todos os países na qual a escola serve vão para o porto mais próximo no terminal, na qual todos chamados de Docas Aegir.

Durante a semana de viagem, os alunos recebem deveres de marinheiro, sendo responsáveis pela limpeza do navio à preparação das refeições. O diretor da escola sempre está presente e é chamado de capitão na viagem.

Dormitórios

Os alunos são divididos em três dormitórios. Antigamente separado apenas entre Masculino e Feminino, hoje é conhecido como Völsunga, Valkyrie e Nibelung, em homenagem as antigas lendas. A separação continua sendo por sexo, e agora racial. Ela é feita em uma reunião do Diretor e Chefes de Dormitórios, usando o histórico eles dividem nas casas.

Em Völsunga fica os rapazes sangue-puros, e em Valkyrie, as moças. Oficialmente é dito que são os dormitórios dos nobres de coração, puros de espíritos, demonstradores da verdadeira magia. Leais às antigas tradições bruxas. Tal classificação não é questionada abertamente, pois outras escolas bruxas também tem pretextos criados para dividir seu alunado.

Já nos Nibelung fica os sangue-ruins de ambos os sexos. Sendo dito que é o dormitório dos obstinados no aprendizados, nos esperançosos em tornar verdadeiros bruxos e dos questionadores dos dogmas da magia. O dormitório não é só mais cheio porque muitos pais tentam colocar seus filhos em outras escolas, como Beauxbatons, Der Burchtzwart ou até mesmo em Rоршокдыра.

Os meio-sangues ou mestiços são divididos baseado em opiniões da diretoria. Aqueles que tem como um dos país de uma importante ou tradicional família vão para Völsunga e Valkyrie. Enquanto aqueles de famílias pobres ou marcada como traidores de sangue de épocas passadas vão para a Nibelung.

Cada dormitório e ano tem seu Chefe, que é responsável pela disciplina dos seus colegas. Porém o aluno no cargo é mudado toda a semana, criando um rodízio por todos durante o ano. O Chefe do Völsunga do sétimo ano é chamado de Sigurd, e cuida da escola de uma forma geral, além de decidir as detenções dos alunos que outros chefes de turma levam à ele, assim como também hástia a bandeira todo os dias.

Ainda existem as Medalhas de Mérito que todos os alunos competem ativamente. A Dragão Branco que é para o aluno com as melhores notas e Fênix Negra para o melhor Chefe de Turma.


Völsunga - Localizada na torra norte, ela tem sete quartos, um maior do que o outro, um mais decorado e luxuoso do que o outro. O menor quarto é do primeiro ano, e o maior do sétimo. As tradições dizem que quanto maior a graduação, maior o prestígio. Um exemplo é que enquanto no quarto dos calouros são beliches, os do setenaristas são enormes camas de casal. Partir do quinto ano cada quarto tem seu banheiro próprio. É uma tradição o Chefe de Dormitório ser o professor de Artes das Trevas ou de Duelos.

Valkyrie Segue o mesmo esquema de quartos da Völsunga, sendo o dormitório na torre sul. A diferença, que é uma tradição entre as setenaristas, é que uma aluna do ano anterior é escolhida para dormir no mesmo quarto que elas. Professoras de história da magia e runas são normalmente as Chefes de Dormiório.

Nibelung O dormitório fica no subsolos do castelo, é um enorme salão com duas filas de beliches, sendo cada fila é para um dos sexos. Todos os anos dormem na mesma sala. Ao lado de cada beliche tem um armário onde os alunos das duas camas a dividem para guardar suas coisas. No lado oposto da entrada tem banheiros femininos e masculinos. O Chefe de Dormitório é normalmente o professor de Trato de Animais.


Última edição por Dumbledore em Ter Abr 30, 2013 12:24 pm, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://wwpedia.forumeiros.com
Dumbledore
Admin
avatar

Mensagens : 221
Idade : 117

MensagemAssunto: Re: Durmstrang   Sex Ago 19, 2011 2:01 pm

Turma de 1935 à 1942
Valkyrie - Ethel Lina Allingham

Turma de 1971 à 1978
Desconhecido - George Stephenson Guiderch II

Turma de 1981 à 1988
Valkyrie - Birgit Karkaroff Friedrich

Turma de 1982 à 1989
Desconhecido - Maya Kruger Boher

Turma de 1988 à 1995
Völsunga - Viktor Krum (HP)

Turma de 1993 à 2000
Völsunga -
● Leroy Rabastan Lestrange
● Tsveta Travers

Turma de 1994 à 2001
Desconhecido - Benjamin Chaudry Voight (1º e 2º ano)
Völsunga - Deborah Wilkes Rookwood

Turma de 1995 à 2002
Völsunga - Edward Avery IV (Neo-Comensal)

Turma de 1996 à 2003
Desconhecido -
● Brad Marshall
● Dmitri Gabriel Becket Luminix Malkin (7º ano)
● Enzo Boher Haetinger Niederauer (até 5º ano)
● Eric Callihan (3º e 4º ano)
● Frederick Clagg Heatinger Callihan (3º e 4º ano)
● Maureen Weisberger
● Ralph Grints
● Sabine Danae Polyxena Veggos

Turma de 1997 à 2004
Desconhecido -
● Anastásia Lianis Phrygius
● Judith Weeklyeram
● Lykaios Zowie Phrygius

Turma de 2003 à 2010
Desconhecido - Gustav Boher Clagg Van Hangen (7º ano)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://wwpedia.forumeiros.com
 
Durmstrang
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Escolas :: Outras escolas-
Ir para: